Síndrome do Túnel do Carpo

A Síndrome do Túnel do Carpo é causada pela compressão do nervo que passa por um canal denominado túnel do carpo.


A pressão sobre o nervo pode acontecer devido ao inchaço das estruturas que envolvem os tendões flexores, luxações articulares, fraturas, artrite e retenção de líquidos durante a gravidez.


As alterações hormonais, como as que ocorrem com doenças da tireoide, ou outros distúrbios decorrentes de outras doenças como artrite reumatoide e diabetes também podem estar associadas à Síndrome.




Sintomas


Os sintomas da Síndrome do Túnel do Carpo podem incluir dores, dormência, formigamento, fraqueza e alterações de destreza e, na maioria das vezes, são piores à noite.


A dormência ou formigamento ocorre com mais frequência no polegar, indicador, médio e anelar. Quando o dedo mínimo estiver envolvido, outro nervo pode estar acometido.


Diagnóstico


Para obtenção do diagnóstico da Síndrome do Túnel do Carpo, o cirurgião da mão realiza exame físico específico.


Em alguns casos, para descartar outras hipóteses, exames como raio-x e testes laboratoriais também podem ser solicitados.


Testes dos nervos (eletroneuromiografia) podem ser necessários.


Tratamento


Dependendo da gravidade do caso, os sintomas da doença podem ser aliviados sem a necessidade de realização de cirurgia.


Entre os tratamentos indicados estão a modificação do padrão de uso da mão, uso de tala de punho à noite e injeções de corticóide no túnel do carpo.


Quando os sintomas são graves ou não apresentam melhora, a cirurgia pode ser necessária para dar “mais espaço” para o nervo, possibilitando sua recuperação.


Fonte: https://www.cirurgiadamao.org.br

Foto: Universo Senior